sexta-feira, 5 de maio de 2017

POESIA: Cinema Mudo: Pequeno Tributo à Chaplin.


Preto e branco na tela.
Chaplin, o gênio do mundo!
Figura no tempo, uma América na tela.
Um gestual perfeito mesmo que mudo!

Vida exagerada, elegância contida!
Chaplin, ditador, operário, pedinte amoroso.
Atrizes e atores, alunos que o esperam.
E vão sucedendo cenas com o eterno professor!

Luz, câmera, ação:
Chaplin, sempre, o maior gênio do humor!

Fazendo de conta, retratos na tela.
Ao Garoto, um olhar generoso ao mundo!
Mazelas aos pobres e se conhecem os nobres.
Beijo a cores – suspiro às noites? - carinho profundo!

O galã e uma atriz que se beijam.
Cinema mudo com música se diz tudo!
A fluência, a imaginação sem limites.
Perseguido sem motivos pelos xerifes dos sem-assuntos!

Câmeras a postos,
rodam-se, as cenas!
Luzes no estúdio,
personagens veem à vida!
Elenco a postos,
o mestre que então chega!
Tempos em preto e branco,
honrado pequeno gigante da arte reflexiva!

4 comentários:

  1. Nossa seus poemas são ótimos, amei a referência ao Chaplin, e também a esse mundo dos artistas preto e branco, adoro os filmes dele, parabéns

    ResponderExcluir
  2. Chaplin era um gênio, adoro assisti-lo. Sua poesia resume exatamente o que ele representa e eu adorei cada palavra. Como você concluiu falando sobre reflexão, vamos refletir:
    "Pensamos demasiadamente e sentimos muito pouco. Necessitamos mais de humildade que de máquinas. Mais de bondade e ternura que de inteligência. Sem isso, a vida se tornará violenta e tudo se perderá."
    Charles Chaplin

    ResponderExcluir
  3. Amei sua poesia, lendo dá para se imaginar assistindo a um dos filmes do cinema mudo, todo em preto e branco. Muito legal mesmo.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  4. Olá Rob, tudo bem?
    Olha, devo admitir que não conheço muito o trabalho do Chaplin e tal, mas como todas as suas poesias, essa ficou ótima.
    Abraços!

    ResponderExcluir

Todos os Marcadores do Blog!

A Coincidência U (1) A Despedida (3) A Graça em Um Bule (1) A Menina de Gabrovo (49) A Nacionalidade da Matemática (1) A Queda do Balonista (2) A Sabedoria de Ser Jovem (1) A Segunda Queda do Balonista (2) Abaixo o Novo Homem das Caverna! (1) Advertência! (1) Alegoria do Fogo (1) Ambicionar é Bom! (1) Amor Ordinário (1) Aninha Dona Fada e os Sapatinhos de Brilhantes (1) Areias do Tempo (1) Asco (1) Atalho (1) Banquete Cigano (3) blogs parceiros (7) Boris e a Menina de Razgrad (3) Cabeça de Cachorro (1) Cacareco (1) Calendário (1) Cartas de um pai ao filho cartas do filho ao pai (1) Céu de Balões (2) Chamamento (1) Cidade Azul (1) Cinema Mudo: Pequeno Tributo à Chaplin (1) Como Surge Um Ignorante (1) conteúdos especiais (2) contos (16) Contracultura (Bob Dylan) (1) Copo de Vidro (1) Corpo Estranho (1) Criançada na Rua (1) crônicas (6) Daquele Jeito (1) De uma breve vida breve em Edvard Hespanhol (1) Democracia Matemática (1) Descomplique-se! (1) Dois Papagaios (1) Domingo de Páscoa (1) Duelo de Facas (1) Duvide! (1) É Hora da Luta! (1) Enquanto Você Dorme (1) Então S morreu (1) entrevistas (1) Estrela Azul (1) Faz-se Uma Revelação (1) Felicidade Esperada (1) Fetiche (1) Forçosamente (1) Gênio da Alma (1) Há Sempre Um Alguém! (1) hangouts (1) histórias infantis (3) Hoje Tem Palhaçada? (1) Hora da Verdade (1) Identidade Nova (1) Imposição do Eu (1) Invenção da Saudade por Outros Nomes (1) Isaurinha e Seu Fernando (1) Jack um Construtor de Faróis (1) Jogo da Conquista (1) Magricela Revanche e os Meninos da Rua (1) Manifestos da Infância (Série) (3) Mastigado Pelos Nervos (1) Mau Agouro (2) Meio Rato Meio Gato (1) Morte Social (1) Muito Poder Em Um Segundo (1) Napoleão e o Muflão Francês (3) Ninguém é tão forte assim (1) novidades (1) novos autores (1) O Arquipélago dos Morangos (1) O Contraditório da Humildade (1) O Coração de Natalina (1) O Cortejo (1) O demônio dentro da gente (1) O Dilema de Klara (3) O Estrepe (1) O Iluminado Às Favas (1) O Interrogatório (3) O Ovo e a Tartaruga (1) O Prazer do Cuidado (1) O Quadro Misterioso (3) O Resgate de Lazar (3) O Tomateiro (3) O Vale dos Órfãos (2) Os Segredos do Gozo (1) Osvardo: Terra dos Pedros (1) Outono de Oitenta (1) Paixão Acidental (1) Pedaço de Pão (1) Pedro o Muflão da Montanha (3) Pensamento Livre (1) Percepção e Compreensão (1) poesias (85) Poética do Morro (1) Povo Bobo de Novo (1) processo criativo (1) Quase Tudo! (1) Que é Que é o Parlamento? (1) Que tal? (1) Quente e Frio (1) Quilômetro Cinza (1) Reação em Cadeia (1) Refugiados do Pão (1) Relações Destrutivas (1) Renúncia Estrangeira (1) resenhas (7) Respiração. Expiração. Inspiração. (1) Revolução do Sexo Próprio (1) Roda Viva (1) Sacha e Peter um Beijo de Pizza (1) Salvando o Coelho (1) Sapo Sábado no Sapato (1) Segredos da Poesia (1) Senhor Polvo Castilho e as águas-vivas (1) Senta e Escreva (1) Significado e Significância (1) Singeleza! (1) Solidão Acompanhada (1) Sou Desses (1) Sou Frágil (Ou Não) (1) Tangerina (1) Telefone Sem Fio (2) Terra Iluminada (1) TMM - O Cruel Destino de um Homem Bom (1) Trump. Nove de novembro. Um dia depois do Engano (1) TV Cultura (1) Um Livro (1) Um pouco do que penso a respeito de Machado de Assis (1) Um Shakespeare que só farfalhava o melhor português (1) Uma Declaração (1) Uma Experiência (1) Urso Antes e Depois do Homem (1) Uva Verde (1) Velislava a Raposa de Fogo (3) Verbo Amigo (1) Viagem Inesquecível (3) Vovó Yordanka (3)