Roberto Camilotti, blog de literatura

20 de abril de 2018

POESIA: Recusa do Desespero.

poesia sobre o desespero, poesias sobre momentos de desespero, poesias tema desespero

Recuso a me desesperar.
Não me rendo ao desespero.
Se por ventura ando por caminhos errados,
levanto, reflito e me corrijo, um ser inteiro.

Recuso a me desesperar.
Os desafios da vida, eu enfrento.
A coragem é prima da fé.
O desespero, um mau comportamento.

Sim, me recuso a desesperar,
lutarei pelos meus e os seus direitos.
Não aceito sentar e esperar
quando, na vida, se triunfa com feitos.

Nunca mais vou me desesperar.
Serei vigilante de mim mesmo.
O meu discurso é fazer o que posso,
fazer o impossível só que do meu jeito.

18 de abril de 2018

POESIA: O Protagonista da Minha Vida.

poesia sobre protagonismo, poesias afirmativas, poesias tema protagonismo,

O protagonista da minha vida
é quem dela porta e importa à minha memória,
é quem define os meus sentimentos.
Apenas a mim a minha vida pertence.
Aos outros, eu me compartilho.
E se um dia pensou o contrário,
achou que por amor me tens,
saiba que insisto no amor,
esperando que seja recíproco,
mas deixo claro que não lhe pertenço.
Do melhor de mim, tens o melhor do meu convívio.

16 de abril de 2018

POESIA: Condução das Condutas.

poesia tema ética, poesias sobre a ética, poesias tema ética

Quem conduz a conduta?
Fala somente quando necessário?
Explica o que verdadeiramente se explica?
Sossega os desassossegados?
Faz paciente os irritados?
Com injustiça não há conduta, apenas amarrados!
Quem conduz a conduta então?
Nos protege dos erros bem-intencionados?
Na condução das condutas, parcimônia e serenidade.
E que se exagere sempre mil vezes em cuidados!