Pensamento Literário: Resenha do Conto Salvando o Coelho.


Em dezembro do ano passado, publiquei no blog o conto Salvando o Coelho, que você pode lê-lo na íntegra clicando AQUI, e já temos resenha nova publicada em um blog parceiro encima do conto.

O blog é o Pensamento Literário e a resenha foi feita pela Verônica, dona do blog. Não sei como agradecer pelas palavras tão generosas ao descrever meu trabalho, fica então um humilde "Obrigado!".

Trecho da resenha:

Nesse conto nos deparamos com Celso que tem como hobby o paraquedismo e junto com o amigo os mesmos decidem sobrevoar o cafezal e “caçar” o coelho no ar. O mascote foi um presente de Celso para sua filha. Por fim, surpreendentemente o coelho vive e o sobrenatural cerca nosso protagonista, os envolvidos no feito e seus amados. Como ressaltado cabe cada um fazer uma análise da estória e chegar a sua reflexão, em minha observação durante a narrativa ficou evidente a expressão popular: “aqui se faz, aqui se paga”.
Então o que posso dizer a respeito do texto é que a leitura é rápida, cativante e diferente. O autor foi bem perspicaz e isso é perceptível durante a leitura, além de dominar o vocabulário e ter uma gramática limpa. Por fim, eu aconselho a leitura, sairá com uma lição e consequentemente um ensino sobre a vida.

E que muito mais resenhas apareçam!

Querem ler o conto? Cliquem AQUI!
A resenha da Verônica? AQUI!

Comentários

  1. Estava cá lendo suas resenhas até que me deparo com este título bacana. Só por Celso fazer paraquedismo, o livro já me interessou, mas a trama e por ser uma leitura rápida, no momento me interessou mais ainda.
    Adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Anne, obrigado pela resenha e comentário!

      Volte sempre, será bem-vinda!

      Excluir
  2. Obrigada pelo carinho, hoje que percebi. Amei <3

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Caro leitor(a), seu comentário é importante por aqui. Diga-me suas opiniões ou impressões sobre a postagem que acabou de ler que as lerei com carinho.

Obrigado desde já!
Volte sempre!