O INTERROGATÓRIO (Terceira Parte do Capítulo).


“Se Milosh foi legal com vocês, que são minhas amigas, mesmo sem conhecê-lo, já o considero meu amigo.” - ao dizer, o balonista pôs a espiga de milho em seu prato e perguntou descontraidamente. - “Quem mais vocês conheceram?”

“A gente conheceu Zita.” - respondeu, Julia.

“E Zita, quem é?”

“Zita é a irmã de Milosh.” - Klara respondeu.

Lazar, de novo, fingiu surpresa ao ouvir a resposta de Klara, que, por sua vez, emendou:

“E ela também foi muito legal com a gente.”

Ao concluir seu pequeno interrogatório, o balonista suspirou, dizendo:

“Não fazem ideia de como me deixaram ansioso para conhecer esse acampamento.”

Julia e Klara, em resposta, sorriram para ele.

Sem que ninguém notasse, observando a conversa, entediado, Boris atravessou a porta da sala e disparou até o balão de Lazar. Na medida em que começava a retalhar um pedaço do tecido amarelo com seus dentes pontiagudos, explodiu em euforia.

“Aonde será que ele foi agora?” - perguntou, Julia, à amiga, referindo-se ao cão pastor.

“Quem?” - Klara perguntou.

“O Boris.” - disse, Julia.

“Eu não sei.” - a pequena respondeu.

Desconfiada, Julia, então, se levantou da cadeira, parecendo adivinhar os momentos em que ele aprontava, e foi procurá-lo fora da casa. Logo que atravessou a porta da sala, viu-o encima do cesto do balão que havia tombado na queda e o repreendeu:

“Boris, venha já para cá!”

Em resposta, o cão pastor búlgaro saltou de cima do cesto e correu ao encontro da menina, trazendo consigo um retalho de tecido que arrancara do balão.

“O que é isso?” - quis saber, Julia, ao pegar o tecido. E perguntou, nervosa. - “Onde você o achou?”

Mas Boris apenas latiu.

Percebendo que se tratava de um retalho do balão de Lazar, a menina ruiva o encarou, mostrou o que segurava nas mãos e bufou:

“Olha o que você fez, seu malvado!”


CONTINUE ACOMPANHANDO A HISTÓRIA NAS PRÓXIMAS POSTAGENS.

Comentários

  1. Moço, posso te fazer uma pergunta?
    Conhece o APP wattpad? Não quer passar essa história para lá?
    Tipo, eu ficaria feliz em ler ela lá... Muito mesmo, já que n tenho tempo de acompanhar os blogs.
    O cão De Julia até se parece com a minha cadela arteira.kkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tatiane, conheço sim. Esse livro já está publicado. Ele foi publicado em 2013 pela editora Multifoco.

      Obrigado pelo carinho. Siga acompanhando blog!

      Excluir

Postar um comentário

Caro leitor(a), seu comentário é importante por aqui. Diga-me suas opiniões ou impressões sobre a postagem que acabou de ler que as lerei com carinho.

Obrigado desde já!
Volte sempre!