POESIA: Areias do Tempo.


Primeiro de abril,
viveu-se uma história.
Sentimentos no tempo.
Fato, verdade, memória!

Assim se amaram:
Descuido divino.
Acidente. Acaso.
O Amor e a Morte.

E logo disseram-se:
Juntos, podemos tudo!
De nada sabiam.
Dois tolos, estúpidos!

Deus tolerante.
Os anjos os amavam.
Mistérios? A sorte?
Viveu-se uma história.

Escrituras à vida,
promessas do amor.
Que se amem! E se amaram.
Se amarão! Veio a Luz. Amando-se.

Viveu-se uma história.
Passageira do tempo!
Ao passado: o amor, aqui, amou!
Passou, passando, e a Vida ficou.

Comentários

  1. Oi! Gostei muito do texto. O "tempo" é sempre um bom tema para escrever.

    ResponderExcluir
  2. Belo poema para comemorar o dia mundial da poesia! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Isabella, bem-vinda ao blog!

      Até a próxima poesia?

      Excluir
  3. Oi! Belo poema! Gosto muito de poesias ainda mais quando sentimos que foi escrito com a alma. Gostei demais do último verso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Fernanda, valeu mesmo.

      Siga acompanhando o blog :)

      Excluir
  4. Adorei o tema Roberto!
    Adoro seus textos, você escreve muito bem!
    Sucesso com o blog ♥

    ResponderExcluir
  5. Oiii!

    Eu adorei o poema, não tenho o costume de ler o genero, mas sempre que o faço me surpreendo! Gostei bastante da leveza da sua escrita <3 Sucesso sempre!

    Beijinhos,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Ana, fico feliz em saber que não estou desapontando meus leitores, haha.

      Volte sempre e obrigado de coração!

      Excluir
  6. Hey, Roberto.
    Belo poema, você escreve muito bem!!!
    Adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Jéssica, seja bem-vinda ao blog.

      Siga acompanhando o blog; mais poesias aparecerão por aqui!

      Excluir
  7. Que poema lindo e que jeito maravilhoso de comemorar o dia da poesia!!

    ResponderExcluir
  8. Adorei o poema. Não entendo muito, mas gostei. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está valendo, também não entendo muita coisa que leio, hehe. O importante é que sempre nos esforcemos.

      Obrigado.
      Siga acompanhando o blog.

      Excluir
  9. Preciso escrever mais poesia, acho que a falta de tempo tirou um pouco minha inspiração. Aliás, preciso ler mais poesia para embarcar nesse universo fantástico.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz isso, Evandro, e não se arrependerá!

      Volte sempre!

      Excluir
  10. Olá!
    Nossa, ainda não tinha lido esse aqui e estive a perder muito! Sério, muito lindo mesmo... Foi daqueles poemas que me tocou realmente, talvez porque o passo para a minha experiência.
    Beijos

    Pseudo Psicologia Barata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Bia, foi providência dos anjos tê-la feito ler, rs. E melhor ainda que gostou!

      Obrigado pela visita.

      Siga acompanhando o blog!

      Excluir
  11. Bela poesia, continue assim, você sabe mesmo como usar as palavras!

    http://blogquinzeprasnove.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Caro leitor(a), seu comentário é importante por aqui. Diga-me suas opiniões ou impressões sobre a postagem que acabou de ler que as lerei com carinho.

Obrigado desde já!
Volte sempre!