Postagens

Leandro Karnal, o melhor fofoqueiro de Shakespeare.

Hannah Arendt por Franklin Leopoldo e Silva.

POESIA: Hipnose do Desamor.

POESIA: Quando Ainda no Tempo.

POESIA: Camisa de Força.

POESIA: Depois da Fronteira.

POESIA: Disfarce ou Fantasia?

A Última de Clarice.

POESIA: Poética do Morro.

POESIA: Tangerina.

POESIA: Jogo da Conquista.

POESIA: Outono de Oitenta.

POESIA: Calendário.

POESIA: Democracia Matemática.

POESIA: Meio Rato, Meio Gato.

POESIA: Revolução do Sexo Próprio.

POESIA: Hora da Verdade.

POESIA: Daquele Jeito.

POESIA: Chamamento.

POESIA: Pedaço de Pão.

POESIA: O Prazer do Cuidado.

POESIA: Gênio da Alma.

POESIA: Atalho.

POESIA: Faz-se Uma Revelação!

POESIA: Paixão Acidental.

POESIA: Sou Desses.

POESIA: Renúncia Estrangeira.

POESIA: Enquanto Você Dorme.

POESIA: Os Segredos do Gozo.

POESIA: Telefone Sem Fio (Mentira).

POESIA: Telefone Sem Fio (Vaca).

POESIA: Fetiche.

POESIA: Como Surge Um Ignorante.

POESIA: Pensamento Livre.

POESIA: A Graça em Um Bule.

POESIA: Sou Frágil (Ou Não).

POESIA: Que Tal?

POESIA: Um Livro.

POESIA: Asco.

POESIA: Imposição do Eu.

POESIA: Respiração. Expiração. Inspiração.

POESIA: Morte Social.

POESIA: Estrela Azul.

POESIA: Uma Declaração.

POESIA: O Contraditório da Humildade.