POESIA: Daquele Jeito.


Daquele jeito só meu,
destinado a ser todo seu,
que faz o mundo cessar.

De um jeito próprio.
Unificado!
Absorvido por tudo que há de bom!

Comentários

  1. Que coisa mais linda. Amo poesias e principalmente essas que nos dizem tudo em poucas palavras.
    Beijo
    Cássia

    ResponderExcluir
  2. Depois que acabei a escola nunca mais li poesia, e ler por obrigação é muito diferente de ler por prazer. Mas gostei muito deste teu poema. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita e comentário, Inês!

      Excluir
  3. Que poesia mais linda <3
    Me toca profundamente, principalmente quando são escritas com o coração.
    Parabéns pelo talento!
    Beijinhoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Juh Costa, fico feliz que tenha gostado desta poesia.

      Excluir
  4. Adorei a poesia simples e profunda! Sentimentos assim que nos fazem sentir únicos são maravilhosos! Parabéns! Abraços.

    ResponderExcluir
  5. O amor retrato na sua forma mais original, que não busca artifícios para fazer-se presente.
    Simplesmente é...

    Parabéns!

    Abraço

    Helena

    ResponderExcluir
  6. Amei a poesia, gosto muito como você usa as palavras!
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  7. Pequeno e tocante.
    A forma como demonstra essa coisa do amor nas suas poesias são bem legais.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  8. Linda poesia. Belas palavras. Não sou muito fã de poesias, mas admiro quem sabe faze-las.

    ResponderExcluir
  9. Fala Rob!

    Poesia simples e que diz muito. Acho que daria um bom monólogo em um roteiro hein. Uma declaração de forma efusiva!

    Leonardo Barreto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um ótimo desabafo em um diálogo, com certeza!

      Excluir

Postar um comentário

Caro leitor(a), seu comentário é importante por aqui. Diga-me suas opiniões ou impressões sobre a postagem que acabou de ler que as lerei com carinho.

Obrigado desde já!
Volte sempre!