POESIA: Duvide!


A convicção é traiçoeira.
Desconfie de quem a tem!
Dissolve a crítica de primeira.
Oculta, subestima, não faz bem!

Certezas absolutas são más conselheiras!
Duvide no que possível!
Mesmo que por um segundo!

Comentários