POESIA: Meio Rato, Meio Gato.


Repulsivo e carinhoso.
Meio rato, meio gato.
Dualidade desmedida.
Hoje, homem; ontem, espaço; amanhã, vontade.

Indesejado, o mais querido.
Meio rato, meio gato.
Opostos que complementam a vida.
Juntam a metade com a metade da metade.

O vilão, o mocinho.
Meio rato, meio gato.
Dois personagens, um destino.
Partes harmônicas de uma mesma história.

Pelos cantos ou mais acima.
Meio rato, meio gato.
Incompleto e exclusivo.
Poeta! Engraçado! Pacato!

Comentários