POESIA: Paixão Acidental.


Nem toda paixão é apaixonada por querer!
Muitas acontecem desprovidas, acidentais.
Tão acidental quanto independente!
Tão apaixonada quanto sentimental!

Por mais que nem tanto assim,
se a paixão aconteceu, logo acidental!
Por mais que sentimental, apaixonada, feliz,
é parte subjetiva da vida real!

Paixão: sentimento de amor, feliz, que também pode não ser acidental.
Mas nunca - nunca mesmo! - comparável com o mau!

Comentários

  1. Realmente tem paixão que surge do nada, onde menos esperamos. Essas são as melhores paixões, as inesperadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí, Tabata, rs. Nos pega de jeito que só por Deus mesmo, haha!

      Excluir
  2. Olha aí... Total! Lembrou-me um pouco de Vinicius de Morais. Grande poeta Brasileiro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vinícius é gênio mesmo, Oscar.

      Obrigado pelo comentário!

      Excluir

Postar um comentário

Caro leitor(a), seu comentário é importante por aqui. Diga-me suas opiniões ou impressões sobre a postagem que acabou de ler que as lerei com carinho.

Obrigado desde já!
Volte sempre!