POESIA: Cerimonial de Velas.


A primeira vela jaz acesa.
Faiscante, luminosa, símbolo de pureza.
Vela acesa, beleza no centro da mesa!

A segunda vela jaz acesa.
Vela simples, esguia, com alguma tristeza.
Expressiva. Inclinada. Um suave tom turquesa.

A terceira também jaz acesa.
Pouco antes do jantar posto nos pratos.
Vela rebuscada, chama azul e vermelha.

A quarta vela a ser acesa
quase não havia mais tanta beleza.
Perto do fim de um jantar,
de três velas acesas na mesa.

Comentários

Postar um comentário

Caro leitor(a), seu comentário é importante por aqui. Diga-me suas opiniões ou impressões sobre a postagem que acabou de ler que as lerei com carinho.

Obrigado desde já!
Volte sempre!