POESIA: A Humanidade em Mim.


Uma luta que não para nunca,
o meu bem contra o meu mau.
Duas forças, uma conduta.
De cada dia, um agora incondicional.

Uma luta sutil e comigo mesmo,
me conformo, me reformo, me faço legal.
Um ser melhorado, moral mutante.
Um pouco menos pior, fortificando-me pela moral.

Nestes momentos cheios de dúvida, me faço a pergunta:
Qual minha parcela de culpa para com a humanidade?
Porque sempre há!

Comentários

  1. Adorei sua poesia, da pra se refletir bastante, porque hoje em dia falta humanidade nas pessoas, mesmo quando todos temos esses dois lados, parece que é difícil atua pelo lado certo ou humano.
    Beijinhos e que Deus te abençoe 🙏🏾

    ResponderExcluir
  2. você escreve muito bem! gostei bastante das tuas poesias. vou passar a acompanhar teu blog, parabéns! :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Caro leitor(a), seu comentário é importante por aqui. Diga-me suas opiniões ou impressões sobre a postagem que acabou de ler que as lerei com carinho.

Obrigado desde já!
Volte sempre!