POESIA: Certa Estranheza.


Não estranhe a minha estranheza!
Só estranho o que não vejo realeza.
Ao meu conceito e reles direito,
não me estranhe, somos todos estranheza!

Estranhos?
Não se estranhem!
Viva a estranheza!

Comentários