POESIA: Pena Amarela. - Roberto Camilotti, blog de literatura

12 de julho de 2017

POESIA: Pena Amarela.

poesia sobre as cores, poesias coloridas, poesia tema cores

Sim, senta e escreva o meu nome!
E use ao escrevê-lo uma pena amarela!
Na mão, a pena e todas as tintas de uma aquarela!
Traços sutis, otimistas, a sua escrita mais bela!

No papel mais nobre, a cor azul da Terra!
Na segunda das linhas, no meio ou na beira,
o importante é que escreva com sua escrita mais bela!
Uma escrita que lembre a infância e que dela retome!

Escreva com capricho!
O capricho natural de uma pena amarela!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro leitor(a), seu comentário é importante por aqui. Diga-me suas opiniões ou impressões sobre a postagem que acabou de ler que as lerei com carinho, no entanto, não poderei respondê-las pela falta de tempo.

Quer conversar comigo?
Me procura nas minhas redes sociais.

Obrigado desde já!
Volte sempre!