POESIA: Vedes o verde! - Roberto Camilotti, blog de literatura

14 de maio de 2018

POESIA: Vedes o verde!


Vedes o verde!
Vedes o ainda verde!
O verde entre verdes invadindo a sua janela.
O verde, verde verde,
o verde da floresta.

Vedes o verde!
Vedes o que ainda se põem feito verde!
Ele reflete a cor da vida, limpa a sua família.
O verde, verde verde,
um verde de flores e de citronela.

Vedes, aquele antigo verde?
Me diga por favor se ainda o vedes, já não tão verde!
Não vejo mais partes verdes em parte alguma.
O verde, verde verde,
poluído pelas ternos sobre as terras.

Um comentário:

  1. Como admiro quem consegue se expressar através de versos e poesia. Com certeza voltarei outras vezes para ler. Seu texto me fez pensar em quanto precisamos da natureza e valorizar o essencial!

    www.bembela.com

    ResponderExcluir

Caro leitor(a), seu comentário é importante por aqui. Diga-me suas opiniões ou impressões sobre a postagem que acabou de ler que as lerei com carinho, no entanto, não poderei respondê-las pela falta de tempo.

Quer conversar comigo?
Me procura nas minhas redes sociais.

Obrigado desde já!
Volte sempre!