POESIA: Na Frieza Com Que Me Olha... - Roberto Camilotti, blog de literatura

16 de julho de 2018

POESIA: Na Frieza Com Que Me Olha...

poesias sobre a frieza e o sentimento, poesias sobre o olhar

Na frieza com que me olha
percebo e sinto uma frágil emoção,
uma insegurança insistente que não se controla,
vejo o empedernido destempero, crescente receio,
a incapacidade, a impotência, o medo de agir.

Na frieza com que me olha, vejo você.
Percebo e sinto o teu medo de si,
sua própria vida, reprimida, indo embora,
desaparecendo, morrendo antes mesmo de partir,
o espelho mostrando o lado feio da alma,
humanidade morta, o fracasso de quem já caiu.

6 comentários:

  1. Linda poesia Roberto,
    adoro essas poesias que tocam na alma
    http://www.mundodasmulheresbrasil.com/

    ResponderExcluir
  2. Adorei a sua poesia, sempre arrasando com o blog!

    ResponderExcluir
  3. Esse poema se refere a alguém em defensiva.Pois há pessoas realmente fria, sem alma. Gostei!

    ResponderExcluir
  4. oi, tudo bem?
    Amei a poesia , amo poesia ja li inumeras do seu blog amo todas essa não rima tanto mais amei do meso jeito

    ResponderExcluir
  5. Linda poesia, ela mexeu comigo de uma forma incrível. Parabéns pela escrita magnifica.

    ResponderExcluir

Caro leitor(a), seu comentário é importante por aqui. Diga-me suas opiniões ou impressões sobre a postagem que acabou de ler que as lerei com carinho, no entanto, não poderei respondê-las pela falta de tempo.

Quer conversar comigo?
Me procura nas minhas redes sociais.

Obrigado desde já!
Volte sempre!