POESIA: Vigília. - ROBERTO CAMILOTTI... blog de literatura.

14 de agosto de 2018

POESIA: Vigília.

poesia sobre a vigília, poesia sobre os perigos da vida

Vigília.
Os perigos da vida
 ante a paz compartilha;
um viver à Essência sem armadilhas.

Vigília.
A alma ameniza.
Entre idas e vindas, ela própria se guia;
de tantas experiências, cada vida é uma ilha,
um pedaço de carne cercado de vida.

4 comentários:

  1. Lindo poema entre idas e vindas,ela própria se guia de tantas experiências,cada vida é uma ilha amei essa parte :)

    ResponderExcluir
  2. A segunda parte da sua poesia é sensacional, muito bonita. Gostei muito, parabéns

    ResponderExcluir
  3. Sue poema é lindo. Fiquei refletindo principalmente na parte: cada vida é uma ilha. Com toda certeza cada um somos uma ilha com todas as nossas experiências.

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Amei seu poema ele é lindo, e apesar de ser pequeno tem grandes siginificados

    ResponderExcluir

Caro leitor(a), seu comentário é importante por aqui. Diga-me suas opiniões ou impressões sobre a postagem que acabou de ler que as lerei com carinho, no entanto, não poderei respondê-las pela falta de tempo.

Quer conversar comigo?
Me procura nas minhas redes sociais.

Obrigado desde já!
Volte sempre!